A criança e o seu desenvolvimento em atividades lúdicas e físico-motoras: uma reflexão sobre instituições de tempos livres

DSpace/Manakin Repository

español português english

A criança e o seu desenvolvimento em atividades lúdicas e físico-motoras: uma reflexão sobre instituições de tempos livres

Show full item record

Title: A criança e o seu desenvolvimento em atividades lúdicas e físico-motoras: uma reflexão sobre instituições de tempos livres
Author: Bulhões, Paulo César; Condessa, Isabel Cabrita
Abstract: El desarrollo infantil mediante el juego y las actividades físicas motoras requieren una reflexión sobre las instituciones de tiempo libre. Durante aproximadamente tres siglos, el tiempo libre ha ganado un mayor reconocimiento, acompañando los cambios sociales y económicos y proponiendo planes que intentan ocupar los momentos dedicado al ocio de los niños al proporcionar una oportunidad igual para la educación basada en actividades lúdicas. Según el artículo 5 de la Ley Regional nº 1 de 2018, en la actualidad los Centros de Actividades de Tiempo Libre (CATL) cubren una intervención basada en el aprendizaje no formal, con miras al desarrollo individual y social de los niños en edad escolar en un ambiente lúdico de libertad y con potencial pedagógico. Con el propósito de buscar un mayor conocimiento sobre el tiempo libre y recreativo realizado en los CATL, presentamos esta parte de un estudio más amplio cuyo objetivo era analizar las actividades, comportamientos y valores que mejoran aprendizajes relevantes para la sociedad actual, en sus dimensiones educativas y socioculturales. Este estudio de caso en un contexto de aprendizaje no formal, involucró a niños y jóvenes (n=148), y algunos profesionales, asegurando la ética de la investigación. En la recopilación de información favorecemos que la observación de prácticas y entrevistas con profesionales, y los datos, fueron analizados en base al análisis de contenido de las recopilaciones realizadas. Se encontró que las Actividades de Juego y Deportes llevadas a cabo en el contexto de estos centros tienen como objetivo el desarrollo afectivo, cognitivo y motor, con miras a un mayor aprendizaje y creatividad (ambiente de libertad), acción que en algunos detectó ciertos comportamientos, tales como la coeducación, la socialización y el enriquecimiento sociocultural. Por otro lado, las actividades al aire libre (AAL) permiten la liberación del niño, la exploración de la naturaleza, una mayor autonomía, respeto, responsabilidad, ayuda, resolución de conflictos y mayor riesgo, suciedad y condiciones inadecuadas.Child development in play and physical motor activities a reflection on free-time institutions. For about three centuries, free time has been gaining greater recognition, accompanying social and economic changes and proposing plans that are concerned with occupying the moment dedicated to the leisure of children by providing an equal opportunity for education based on playful activities. According to article 5 of Regional Law nº 1 of 2018, at present the Free Time Activity Centers (FTAC) cover an intervention based on non-formal learning, with a view to individual and social development school-age child in a playful environment of freedom and with pedagogical potential. With the purpose of seeking a greater knowledge about leisure and recreational time performed at FTAC, we present this part of a larger study whose objective was to analyze the learning-enhancing activities, behaviors and values relevant to today’s society, in their educational and sociocultural dimensions. This case study in non-formal learning context, involved children and young people (n=148) and some professionals, ensuring the ethics of research. In the collection of information we favor the observation of practices and interviews with professionals and the data were analyzed based on the content analysis of the collections made. It was found that the Play and Sports Activities (PSA) carried out in the context of these centers aim at the development-affective, cognitive and motor, with a view to greater learning and creativity (environment of freedom), action on some detected some behaviors, such as about in co-education, socialization and socio-cultural enrichment. On the other hand, Outdoor Activities (OA) enable the release of the child, exploration of nature, greater autonomy, respect, responsibility, help, conflict resolution and greater risk-afety, dirt and inadequate conditions.Há cerca de três séculos que o tempo livre vem conquistando um maior reconhecimento, acompanhando as mudanças sociais e económicas e propondo planos que tem como preocupação em ocupar o momento dedicado ao lazer das crianças facultando uma igualdade de oportunidades de educação a partir de atividades lúdicas. Segundo o art. nº 5 do Decreto Lei Regional nº 1 de 2018, na atualidade os Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL) abrangem uma intervenção a partir de numa aprendizagem não formal, com vista ao desenvolvimento individual e social da criança em idade escolar, num ambiente lúdico, de liberdade e com potencial pedagógico. Com o propósito de procura de um maior conhecimento acerca do tempo livre e recreativo realizado nos CATL, apresentamos esta parte de um estudo mais amplo cujo objetivo foi analisar as atividades potenciadoras de aprendizagens, comportamentos e valores relevantes para a sociedade atual, nas suas dimensões educativas e socioculturais. Este estudo de caso em contexto de aprendizagem não formal, envolveu crianças e jovens (n=148) e alguns profissionais, garantindo-se as éticas. Na recolha da informação privilegiamos a observação de práticas e a entrevista dirigida a profissionais e os dados foram analisados com base na análise de conteúdo das recolhas efetuadas. Verificou-se que as Atividades Lúdicas e Desportivas (ALD) efetuadas em contexto destes centros visam o desenvolvimento afetivo, cognitivo e motor, com vista a uma maior aprendizagem e criatividade (ambiente de liberdade), ação sobre alguns comportamentos detetados, como por exemplo na coeducação, na socialização e no enriquecimento sociocultural. Por outro lado, as Atividades de Ar Livre (AAL), possibilitam a libertação da criança, exploração da natureza, maior autonomia, respeito, responsabilidade, interajuda, resolução de conflito e maior risco–segurança, sujidade e desadequação das condições. Conclui-se assim que os CATL têm por excelência um tempo dedicado ao lúdico e às atividades físicas e desportivas, assentando na liberdade e na espontaneidade, com recurso ao jogo e às expressões. Tal papel contribui para o desenvolvimento integral da criança, bem como das aprendizagens multidimensionais.
URI: http://hdl.handle.net/10662/10562
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View
0214-9877_2019_1_2_23.pdf 133.7Kb PDF View  Thumbnail

The following license files are associated with this item:

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Help

Redes sociales