Reorganização do autocomhecimento e adaptação psicológica na adolescência

DSpace/Manakin Repository

español português english

Reorganização do autocomhecimento e adaptação psicológica na adolescência

Show full item record

Title: Reorganização do autocomhecimento e adaptação psicológica na adolescência
Author: Carapeto, Maria João
Abstract: La reorganización del autoconocimiento ha sido considerada una de las cuestiones más importantes del desarrollo psicológico en la adolescencia. Considerando el autoconocimiento como teoría (o teorías) personal con funciones adaptativas, estas reorganizaciones pueden verse como movimientos adaptativos ante una diversidad de transformaciones primarias de la adolescencia. Dispersas en la literatura, hay referencias a adolescentes que enfrentan transformaciones físicas y una diversidad de nuevos contextos sociales, que requieren de ellos la construcción de nuevas teorías, nuevos guiones personales para su acción en el mundo. También se menciona en la literatura la aparición de nuevas habilidades cognitivas y la posibilidad de una construcción cognitiva más sofisticada y flexible. En este trabajo presentamos una revisión no sistemática de algunas de las transformaciones físicas, cognitivas y sociales más importantes de la adolescencia y su relación con los cambios en el autoconocimiento. Se abordan los siguientes temas: (a) la aparición de la sexualidad genital y los cambios en la forma y tamaño del cuerpo, y su importancia en la construcción de un autoconcepto sexual y en la promoción de cambios en la imagen corporal; (b) expectativas sociales para los adolescentes que contribuyen a la creación de un sentido de identidad personal, la circulación a través de un número creciente de contextos sociales que favorecen la construcción de una diversidad de seres relacionales (o seres en diferentes roles sociales), y la influencia que las redes sociales tienen en la construcción de un "paquete propio"; (c) el surgimiento de habilidades cognitivas abstractas, que permiten la diferenciación de múltiples seres o el crecimiento de las discrepancias propias (por ejemplo, real - ideal), pero también dan lugar a conflictos dentro del ser, antes de que pueda lograrse un autoconocimiento más coherente. También se destaca la interconexión entre estas transformaciones (física, social y cognitiva) en la construcción del autoconocimiento.The reorganization of self-knowledge has been considered one of the most important issues of psychological development in adolescence. Considering self-knowledge as personal theory (or theories) with adaptive functions, these reorganizations can be seen as adaptive movements before a diversity of primary transformations of adolescence. Dispersed in the literature, there are references to adolescents facing physical transformations and a diversity of new social contexts, which require from them the construction of new theories, new personal scrips for their action in the world. Also mentioned in the literature is the emergence of new cognitive skills and the possibility of more sophisticated and flexible cognitive construing. In this work we present a non-systematic review of some of the most important physical, cognitive and social transformations of adolescence and their relationship to changes in self-knowledge. The following issues are addressed: (a) the emergence of genital sexuality and changes in body shape and size, and their importance in building a sexual self-concept and in promoting changes in body image; (b) social expectations for adolescents that contribute to the creation of a sense of personal identity, the circulation through an increasing number of social contexts that favor the construction of a diversity of relational selves (or selves in different social roles), and the influence that social networks have on the construing of a “package self ”; (c) the emergence of abstract cognitive abilities, which enable the differentiation of multiple selves or the growth of self-discrepancies (e.g., Actual - Ideal self), but also give rise to conflicts within the self, before a more coherent self-knowledge can be achieved. The interconnection between these transformations (physical, social and cognitive) in the construction of self-knowledge is also highlight.A reorganização do autoconhecimento tem sido considerada um dos temas mais importantes do desenvolvimento psicológico na adolescência. Considerando o autoconhecimento como teoria (ou teorias) pessoal com funções adaptativas, estas reorganizações podem ser vistas como movimentos adaptativos face às numerosas transformações primárias da adolescência. De um modo geral, dispersas na literatura, encontram-se referências a transformações físicas e a uma diversidade de novos contextos sociais com os quais o adolescente se depara e que requerem dele a construção de novas teorias, novos guiões pessoais para a sua atuação no mundo. É também referida na literatura a emergência de novas habilidades cognitivas e a possibilidade de construções cognitivas mais sofisticadas e flexíveis. Neste trabalho procede-se a uma revisão não sistemática de algumas das mais importantes transformações físicas, cognitivas e sociais da adolescência, e sua relação com mudanças no autoconhecimento. São abordados: (a) a emergência da sexualidade genital e as alterações da forma e do tamanho do corpo, e sua importância na construção de um autoconceito sexual e em alterações na imagem corporal; (b) as expetativas sociais relativamente aos adolescentes que contribuem para a criação de um sentido de identidade pessoal, bem como a circulação por um número crescente de contextos sociais favorece a construções de uma diversidade de eus relacionais (ou de eus em diferentes papeis sociais), e a influência que as redes sociais têm na construção de um “eu embrulho”; (c) a emergência de habilidades cognitivas abstratas, que possibilitam a diferenciação de múltiplos eus ou o crescimento das autodiscrepâncias (e.g., eu real – eu ideal), mas dão também lugar a conflitos no seio do self, antes de se poder alcançar um autoconhecimento mais coerente. É também sublinhada a interligação entre estas transformações (corporais, sociais e cognitivas) na construção do autoconhecimento.
URI: http://hdl.handle.net/10662/10573
Date: 2019


Files in this item

Files Size Format View
0214-9877_2019_1_2_137.pdf 120.3Kb PDF View  Thumbnail

The following license files are associated with this item:

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Help

Redes sociales